28 de agosto de 2007

APOME O Q?

Ai ai, o que não fazemos para evoluir, não é mesmo?
Semana passada fui conhecer um grupo de socorristas que dizem aplicar a Apometria na mesa. Coisas espiritualistas que dizem que fazem bem à alma...de alguém...
Enfim, convocada por uma amiga que estava sendo pertubada por Gasparzinhos nada camaradas, resolvi acompanhar, caso aquilo fosse uma roubada e o endereço um cativeiro lá pela Zona Sul. Sempre interessada pelo oculto, não poderia perder a chance de testar mais uma vez essa minha alma arrogante.
E lá estávamos nós, sem jeito, sem conhecer alguém, agradando um gato preto que veio nos receber no apartamento da tal Maga Patalógica que iria presidir a sessão.
Logo discutiram se minha presença era necessária naquela mesa branca (pero no mucho) e concluiram que eu seria de boa valia.
Energias pra lá e PÁAAAAAAAA, povo começa a estalar os dedos como um Transtorno Obsessivo Compulsivo em grau alto. Mistura de chakras, cores, amarrações e espíritos pertubados na mesa (enquanto eu com meio olho aberto caso precisasse correr...sabe como é...).
Uma delas na minha frente me olha com jeito que estou indo bem...outra do meu lado sussurra que mal consegue ficar em paz comigo alí...
E eu batendo um papo mental com algum protetor que me acompanhe, seja lá quem for tipo assim:

- "Ae Colega, segura a barra que eu não estou afim de virar entidade, se é que me entende..."
-" Relaxa Cafeína, tu tá amarrada comigo, pensa em chocolate...pensa aí"

E com esse conselho do plano astral, fiquei mais tranquila, só assistindo uma alma pertubada pedindo perdão desesperadamente na mesa, enquanto a moça pensava se ia perdoar ou não...
Encostos resolvidos, baixa um ser divino me chamando de bruxa na frente dos presentes...
Não sei porque, eu gostei do elogio mas depois disso resolveram focar em mim e nada mais se manifestou...Saí de lá como a namorada do Harry Potter, mandando elevador abrir e fechar, cheia de querer ser óh...

Findada a sessão, saímos exaustas e com dores de cabeça fortíssimas, amenizadas com algum destilado de preço salgado e música alegre...e tudo acabou...errrr...acabou como mesmo??? Err...xo ver se lembro...hum...

Ah...to aqui hoje não estou?? Então deve ter acabado bem...

Nota mental: "Nunca mais estalarás os dedos"

2 comentários:

  1. na moral, vc tem cada ideia de merda hein? kkkk
    o ultimo pai de santo que visitei me fala: menina pode chorar, chore a vontade!! E eu fazendo um esforço enoooorme e nada das lagrimas aparecerem....desidratei???

    ResponderExcluir
  2. Como assm nenhum espírito se manifestou qd estava na sua vez?
    Nossa isso sim é chato, é como a luz acabar no último capítulo.

    ResponderExcluir

Senta aí, aceita um café e comenta o que achou. A política dos comentários é simples: Todos aceitos salvo caso fortuito ou força maior, isto é, minha vontade. Caso prefira, temos também nosso link para CONTATO lá em cima.
;-)

Seguidores