28 de dezembro de 2007

Superscitções, não supertissões, não, Superstições de Fim de ano!!

Seguindo a tendência das simpatias mais simpáticas para o ano novo, percebi que as pessoas são cobertas de superstições super importantes para a sobrevivência de qualquer ser vivo na Terra (ser vivo inclui os animais, vegetais e minerais, é claro [mineral é vivo?]). Numa curiosidade que não cabia em mim (e olha que não sou estreita), pesquisei na internet a origem de algumas idiotices, digo, crenças populares e superstições tanto na 'virada' quanto na vida, que nosso tão amado e evoluído povo tem e mal sabe por que:


Os seguidores de umbandas e candomblé, passam à meia-noite de 31 de dezembro à beira-mar, vestidos de branco, com suas oferendas a Iemanjá, rainha das águas. Estar vestido de branco significa a paz desejada para o ano novo. Entrar no mar à meia-noite tem um significado: é o mar que recebe todos os pedidos; é o mar que atinge horizontes mais distantes; é o mar que leva o mal para longe e traz o bem para perto.


Passar debaixo de escada:
reza a lenda que isso corta a energia da pessoa que se arrisca, deixando-a mais vulnerável.
(provavelmente seja porque a escada tem mais probabilidade de cair na sua cabeça do que uma nuvem)

Costurar uma roupa no corpo:
atrasa a vida e atrai a morte.
(se a morte é o final de tudo, como se pode ao mesmo tempo atrasar e adiantar a vida?)
Coceira na palma da mão:
se for a esquerda, é sinal de dinheiro que vai chegar. Na direita, avisa a chegada de uma visita desconhecida.
(direita maldita!)
Orelha quente:
alguém está falando mal de você. Antídoto: diga o nome dos suspeitos até a orelha parar de arder. E ainda morda o dedo mindinho da mão esquerda, para o (a) fofoqueiro (a) morder a própria língua.
(auhauh pense na situação...ai ai, eu com o dedo mordido e o fofoqueiro tomando chopp lá na esquina)
Cruzar com um gato preto:
na Idade Média, acreditava-se que os gatos eram bruxas transformadas em animais – por isso, o azar ao cruzar com um deles.
(mas bruxas era bacanas não?)
Espelho quebrado:
sete anos de azar. E nada de reutilizar o espelho em cacos – admirar-se num deles significa quebrar a própria alma.
(pqp hein, quebrar a alma é de @#$$%, então eu tenho alma de porcelana?)
Guarda-chuva:
reza a tradição oriental que um deles aberto em casa traz infortúnios de toda sorte e ainda problemas de saúde aos familiares.
(mas pra que porra alguém ia abrir um guarda-chuva em casa? E já pensou se acontece? "Aiiiii não Maurício Roberto, tu abriu o guarda-chuva, numfódi pô, vamô tudo morrê!!)
Aranhas:
nunca as mate, nem os grilos e as lagartixas. Eles representam boa sorte para o lar. E tem mais: matar uma aranha pode causar infelicidade no amor.
(deixar uma teia de aranha no canto da sala pode ser excitante então?)
Brinde:
nunca se deve brindar bebida alcoólica com bebida sem álcool. Quem fizer isso está arriscado a ter os desejos invertidos.
(eu não ando com quem brinda com coca-cola, ufa)
Comer de chapéu/boné:
atrai o maligno para a mesa.
(opa, Maligno é o nome do garçom?)
Cair um talher:
visitas chegando.
(já sabem, comam com a mão!)
Útil hein? Tem coisas que só a Cafeína faz por você...

10 comentários:

  1. confesso que involutariamente "respeito" essas crenças :x uahuahua embora que ja passei milhoes de vezes debaixo de escada, gato preto...quebrar espelho então 7 anos de azar? nossa.. então eu renovo sempre o meu azar, to sempre quebrando huauhauhauh mas enfim...o que eu gostaria mesmo q funcionasse é o da coceira na mão, ia ficar rica ;~ uauhahuahua beijosss e que venha 2008 \o/

    ResponderExcluir
  2. pede pro maligno trazer outra...
    deve ser primo da maligna, aquela amiga do esqueleto, desenho do he-man,
    ein?ein?

    ResponderExcluir
  3. To fudida, matei uma familia de aranhas e não tenho alma porque o meu espelho tá quebrado e veio diretamente de um puteiro.

    ResponderExcluir
  4. Essa entrada foi bastante educativa rsrs... acredite, sempre brindei (por exemplo) bebida alcoólica com coca cola e não sabia pq a partir daí dava tudo errado :P.

    Ei, sobre a parada lá no blog, foi precisa, mas isso não significa que deixarei de passar aqui para ler Cafeína e cia :).

    Beijão.
    Boas festas!
    Inté!

    ResponderExcluir
  5. Vê com o maligno se ele arruma catuaba pra mim! que ninguém me atende pow!

    ResponderExcluir
  6. Oi Cafeína!

    Seu nome não estava na boca do sapo não. Ainda não. Ahuahuaha.

    Obrigada por colocar os banners estáticos.

    Gostei do post! Principalmente dos comentários sobre cada superstição. Hahaha

    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. uhaehueauheauha nicotina me passa seu msn ai.. alias de vocês todas pra gente trocar ideia
    um grande abraço

    o meu é diegocabral.sobrinho@gmail.com

    ResponderExcluir
  8. Eu não sou supersticioso, mas gostaria de passar o reveillon numa piscina, noite quente e lua cheia. Como a lua está entrando em fase minguante, é impossível que meu desejo se realize. Pois bem, vamos aos dvds.

    ResponderExcluir
  9. hahahahahaha
    Obrigada pela dica Cafe!!

    Vou imprimir e colar do lado do espelho ... ;)

    ResponderExcluir
  10. Diz que brincar de roleta russa com a arma toda carregada também dá azar.

    ResponderExcluir

Senta aí, aceita um café e comenta o que achou. A política dos comentários é simples: Todos aceitos salvo caso fortuito ou força maior, isto é, minha vontade. Caso prefira, temos também nosso link para CONTATO lá em cima.
;-)

Seguidores