12 de janeiro de 2008

E você, já foi picado pelo Aedes hoje?

Caros amigos, deve ser muito difícil se sentir excluído pela sociedade.

Primeiro, tu fostes o único a não ter dengue! Agora é o único que ainda não 'pegou' a febre amarela. E agora? Como conversar nas mesas de bares, no escritório, no elevador, com suas tias? Qual o assunto que você vai dominar, se te perguntarem com aquela cara de preconceito: "Você não teve Dengue???" "Nossa, nem febre amarela ainda??"

Pois foi pensando no nosso bem estar, de minorias não favorecidas nas rodinhas, que trago à mesa, antes mesmo do Fantástico, o nosso Dr. Drauzio Varíola , o médico especializado em tudo que se tratar de medicina e afins do mundo inteiro. Dor de ouvido? É com o Drauzio! Furúnculo? Dá-lhe Dráuzio! Brigou com o marido? É com o Dráuzio que eu vou!

O nosso doutor irá nos ensinar como pegar a Febre Amarela o mais rápido possível, e em poucas horas, já dominar o assunto e sair ligando para todo mundo, orgulhosos de estar dentro da maioria da população! É contigo, Varíola:

Recomendações
· Vacine-se contra febre amarela só depois de viajar para áreas de risco e não ligue pra essas bobagens de doses de reforço que devem ser repetidas a cada dez anos;
· Use, sempre que possível, biquinis e blusas sem manga, isso facilitará a mordida do mosquito;
· Nem pense em usar repelentes! Deixei nuca e as orelhas bem expostos.
· Quando for dormir nas áreas de risco, prefira algo bem a vontade para não atrapalhar a ação do amigo mosquito.
· Procure informar-se sobre os lugares para os quais vai viajar e certifique-se que há casos de febre amarela ou dengue. Certifique-se que não há mortes, senão de nada valerá todo o conhecimento;
· Erradicar o mosquito transmissor da febre amarela é impossível, por isso, encontrei já o seu!

Oba, peguei e agora, Bial, digo, Drauzio?

Os principais sintomas da febre amarela - febre alta, mal-estar, dor de cabeça, dor muscular muito forte, cansaço, calafrios, vômito e diarréia aparecem, em geral, de três a seis dias após a picada (período de incubação). Aproximadamente metade dos casos da doença evolui bem. Os outros 15% podem apresentar, além dos já citados, sintomas graves como icterícia, hemorragias, comprometimento dos rins (anúria), fígado (hepatite e coma hepático), pulmão e problemas cardíacos que podem levar à morte. Uma vez recuperado, o paciente não apresenta seqüelas.

Cafeína e você, nada a ver...

4 comentários:

  1. eu não sei nada de febre amarela!!!
    mas pra eu pegar dengue falta pouco...

    ResponderExcluir
  2. Mais um informe de (in)utilidade pública do Bebendo...

    =P

    ResponderExcluir
  3. Eu acho essa palavra muito bonita, "seqüelas"...

    Ah, eu nunca tive nenhuma dessas doenças... lá vou eu pra uma área de risco agora mesmo!

    ResponderExcluir
  4. Aliás, lembrei, todo mundo tem febre amarela, só a bailarina que não tem...

    ResponderExcluir

Senta aí, aceita um café e comenta o que achou. A política dos comentários é simples: Todos aceitos salvo caso fortuito ou força maior, isto é, minha vontade. Caso prefira, temos também nosso link para CONTATO lá em cima.
;-)

Seguidores