31 de janeiro de 2008

Não me chame pra acampar!

Amigo: "Cafeína, vai fazer o que no carnaval?"
Cafeína: "Ainda não sei, ficar surda e cega?"
Amigo: "É que vamos acampar, estou tentando convencer o Zé, bora lá pra Paraty, vai ser legal e..."
Cafeína: "Amigo, só uma coisa sobre mim, NÃO ME CHAME PRA ACAMPAR, mas obrigada pelo convite"
Amigo: "ahh, que pena, ia ser legal e..."
Cafeína: "Não, não ia, vai por mim"


Olha, vejam só, eu admiro muito as pessoas que curtem um camping sabem? Não tenho nada contra elas, muito menos contra a viagem. No entanto, eu não vou.

Há mais de uma década eu fui nessas coisas, com a escola, turminha supimpa, mato, barraca, dengue e miojo. Passei 5 noites sem dormir com a sensação que seria abduzida no meio da clareira ou ainda, alimento de seres voadores/rastejantes não identificados.

O lado bom foi que emagreci. Dieta a base de pão de forma e miojo com catchup, muita água mineral (porque eu não me atrevo a tomar água de fontes naturais) e caixas de bombons. Muito trabalho para montar a infeliz da barraca para 5 pessoas que roncam, babam, peidam, falam, gemem e sussurram enquanto você conta mosquitos no teto. Lá pelas altas horas da madrugada eu ouvia até rugidos de leões imaginários.

As atrações do passeio não perdem para nenhuma aventura supimpa do Indiana Jones, onde os mais sem noção matam passarinhos, os mais sem amor a vida nadam em represas a procura de focos de dengue e os mais coordenados andam nos pangarés que o local oferece. Sem contar aquele luau em volta de uma fogueira que pode causar um incêndio na mata e aumentar o buraco na camada de ozônio com a música mal tocada e a fumaça.

Confesso que boa parte da minha insatisfação consiste em não ter bebido nem fumado nada nestes 5 dias. Mas nem por uma garrafa de Royal Salute eu passo mais de 1 dia no meio do mato com diversões pouco atrativas, sem homem pra passar o tempo (se é que me entendem) e sem vacina pra febre amarela.

Sou fresca mesmo, não me chamem pra acampar. Eu gosto de conforto, ao menos uma cama e um café da manhã. Chamar pra um jantarzinho bom e um motel chique ninguém me chama né?

Beijo na barraca...

14 comentários:

  1. Também não vou! Detesto ficar no meio do mato numa barraca.

    ResponderExcluir
  2. Eu tbm odeio tudo isso, acampamento, mato, mosquito, barraca, cerveja...
    Peraí, cerveja não, aí se tiver uma cervejinha gelada...
    Hehehehehe

    ResponderExcluir
  3. "...alimento de seres voadores/rastejantes não identificados."...hahahahaha... boa...

    Ei, que tal um jantarzinho e depois, bom, quem sabe... um.... hahahaha...

    PS. eu tb não curto acampamentos.

    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Caraca, se ue falar que nunca fui, ninguem vai acreditar, sou virgem disso ai...

    Acredito na tese de que com cerveja eu vou até e lua e volto sorrindo =)

    ResponderExcluir
  5. Eu nunca fui acampar, e nem vou. Já não curto nem fazer trilha, essas coisas naturebas. O meu negócio é concreto, é a selva de pedra =P

    ResponderExcluir
  6. Hahahahahahahahahahahahahahaha... caramba, até choramo de rir com sua historia !!!

    Concordando com todas as virgulas, pontos, grau, genero, ditongo, tritongo, proparoxitona...

    Com certeza se a gente fizer uma festa num até triples, comida, som, e café da manhã de primeira depois de tanta bagunça a gente te chama !!

    Abração, muito bacana seu blog !!

    ___________________
    Dan - Doug - Rafa

    ResponderExcluir
  7. Craro q é frete de gratis !!! não foi mencionado pq num eh pra todos ... hahaha ! É um beneficio pra poucos...

    Valeu moça, brigadu !!

    _________________
    Dan - Doug - Rafa

    ResponderExcluir
  8. Puts oia nois aki de novo traveis !!

    ESquecemo de dizer q pode ficar tranquila, pode postar o link q quiser lá blz !!

    E viva a blogsfera...haha

    Abração...

    _________________
    Dan - Doug - Rafa

    ResponderExcluir
  9. Eu sei que isso não tem nada a ver com o tópico mais olha que se pensar bem tem a ver por que tudo é PRA FODER!!!


    Vivemos para FODER
    ** Neste Brasil imenso**
    ** Quando chega o verão,**
    ** Não há um ser humano**
    ** Que não fique com tesão.**

    ** É uma terra danada,**
    ** Um paraíso perdido.**
    ** Onde todo mundo fode,**
    ** Onde todo mundo é fodido.**

    ** Fodem moscas e mosquitos, **
    ** Fodem aranha e escorpião, **
    ** Fodem pulgas e carrapatos,*** *
    ** Fodem empregadas com patrão. **

    ** Os brancos fodem os negros **
    ** Com grande consentimento, **
    ** Os noivos fodem as noivas **
    ** Muito antes do casamento. **

    ** General fode Tenente,**
    ** Coronel fode Capitão. **
    ** E o presidente da República**
    ** Vive fodendo a nação. **

    ** Os freis fodem as freiras,**
    ** O padre fode o sacristão, **
    ** Até na igreja de crente **
    ** O pastor fode o irmão..**

    **Todos fodem neste mundo**
    **Num capricho derradeiro. **
    **E o danado do Dentista**
    **Fode a mulher do Padeiro.**

    **Lula depois de eleito se tornou um fudedor **
    **Fode a Marisa, o PT e até o trabalhador, **
    **O senador fode o deputado**
    **Que fode o eleitor.**

    **Parece que a natureza**
    **Vem a todos nos dizer,*** *
    **Que vivemos neste mundo**
    **Somente para foder.**

    **E você, meu nobre amigo **
    **Que agora está a se entreter, **
    **Se não gostou da poesia **
    **Levante e vá se foder!!!**


    Abraço e não vai mesmo senão vc vai se FODER!

    ResponderExcluir
  10. KKK=D
    eu até gostava de acampar, mas não de verdade, com barraca e tal... A gente acampava numa casa abandonada que tinha no sítio de uma amiga minha... E era só festa...
    Ps: Criativo o poema fodedor, não??:D
    Bjok

    ResponderExcluir
  11. Pois é guria...eu tb acho que faltou alcool e fumo nessa aventura aí, talvez tivesse sido um pouco menos horrível !

    Eu só acampo se for em camping com restaurante e piscina...nada de muito mato não..rs

    ResponderExcluir
  12. Muito bom o post, criativo e divertido, mas intrigante também, afinal, eu acampei muito na Ilha do Mel, em Trindade/Paraty e não tive esses probleminha. Como odéio carnaval, acho algo que nem deveria existir, prefiro a paz da barraca e dos maconheiros da praia do caixadaço. Seu trama foi devido a companhia, certeza. Beijo.

    ResponderExcluir
  13. KKKKKKKK... já fui doidão de curtir essas coisas! Na verdade, era OBRIGADO a curtir, pq já fui escoteiro contra a minha vontade :)

    É legalzim, até... mas precisa ser num lugar que dê pra fazer um rapel legal, com uma galera legal. Agora, dormir é IMPOSSÍVEL pra mtos... menos pra mim, q durmo até boiando no mar :)

    Mas captei a dica. Se, um dia, a gente se conhecer, não vou te chamar pra acampar :)

    Beijão ^^

    ResponderExcluir
  14. Que pena...
    Logo agora que eu ia convidar vocês, meninas, para acampar no Carnaval...

    ResponderExcluir

Senta aí, aceita um café e comenta o que achou. A política dos comentários é simples: Todos aceitos salvo caso fortuito ou força maior, isto é, minha vontade. Caso prefira, temos também nosso link para CONTATO lá em cima.
;-)

Seguidores