23 de abril de 2008

Meu lado B (esta)

Pois então, a nossa amiga Kaká do Meu Veneno (invejado Hithchlive) (eu também quero!!!) nos enviou uma questão, qual é o meu lado B (esta)?

Veja bem, cara parceira, conforme descrição das pessoas que me cercam, eu sou indefinível, indescritível e portadora de transtorno tri-polar em alto grau. E acredite, isso não é uma qualidade. Eu sou séria, muito séria. Mas quando digo isso as pessoas riem (tá vendo, você está rindo...). Todavia, geralmente quando conto algo engraçado ninguém acha graça (tá vendo, você parou de rir). Sempre tive cara de patricinha entre os maloqueiros (alowww centrão de SP) e de perdida entra as patricinhas. Pronto, sua tentativa de meme virou terapia.

Eu tenho vários lados, o A, o B, o C, quiçá o D...(sempre tento usar o quiçá nos textos, acho tão cult).

Lado A - Cafeína Profissional
Cafeína é séria, usa salto alto, roupa social, prende o cabelo e fala firme. Não sustenta conversas paralelas no trabalho a não ser por algum interesse profissional. Fala pouco, quando não sabe do assunto, enrola bem, a tempo de pesquisar e confirmar o que disse. Não gosta de se enturmar com fofoqueiros. Não almoça com coleguinha. Bebe água o dia todo e não faz hora extra a não ser por ordem divina. Responsável, é leonina de essência e caráter. Entregue ao sistema dentro dos limites da sua própria moral, construída nos ítens fora do escopo. Cafeína é gente que faz. Quase nada, mas faz.

Lado B - Cafeína Andante Solitária.
Cafeína no seu íntimo quer se mostrar independente mas cede ao menor dos elogios. Leonina dependente de seu ego, ainda não sabe se tem auto estima ou se depende dos outros para te-la. Prefere estar sozinha do que numa multidão. Prefere estar com uma pessoa do que sozinha. Quem a trata bem, ganha o dia, quiçá (óh o quiçá aí gente!) a noite, ou ainda, a vida. Ela recompensa multiplicadamente. Tanto que exagera. Ouve rock para sorrir e mpb para chorar. Amiga até a última ponta. Inimiga até a última dose. Sincera ao extremo, por vaidade. Mente para si afim de que os outros acreditem. No fundo, é só mais uma mimada sem medo de andar de vidro aberto de madrugada mas que sonha em ter alguém que a proteja.

Lado C - Cafeína Testosterona
Cafeína é uma lésbica que gosta de homens. Não tem jeito, mulher fala demais e não preenche vázios, se é que entendem. Paga a conta, toma a atitude, não tem medo do perigo, dirige como piloto, toma a situação para si e protege até um membro do BOPE se precisar. Acende um cigarro, vira gigante nos seus 1,60m, e sabe negociar. Chega a ser arrogante para impor respeito. Fala pausadamente ao demonstrar sua irritação. Dama na sociedade... Gosta de sexo como poucas (os) mas pratica quase nada. Cara de esposa, jeito de esposa, voz de amante, pensamentos de amante. Por quem ama, enfrenta o mundo só com as unhas quebradas. Por ela mesma, nem começa uma discussão.


E as três fazem parte de uma complexidade que ainda não resolvi. Entram em conflito minuto a minuto e cada dia uma personalidade vence. A cada situação, uma delas reage. A cada inverno uma adormece, a cada primavera uma renasce.


Vai lá Niqui, qualé seu lado B (esta)?


5 comentários:

  1. "lésbica que gosta de homens" foi excelente, huahuahua.

    Se eu fosse mulher, seria lésbica tb XD

    ResponderExcluir
  2. Cafê...
    Assim num vô aguentar, to me apaixonando por ti mulher...

    Adoro seus textos...
    Beijão...

    ResponderExcluir
  3. [Prrrruuuuu para o comentário aqui em cima]

    E...eu diria que todos temos nossos N lados, mas os seus conseguem ser bem complexos...rsrsrs

    ResponderExcluir
  4. éam, quem é lupaulo? hehe

    ResponderExcluir
  5. Eu... hehehe

    To sempre acompanhando o blog ...
    virei seu fã viu lindeza...

    Beijão...

    ResponderExcluir

Senta aí, aceita um café e comenta o que achou. A política dos comentários é simples: Todos aceitos salvo caso fortuito ou força maior, isto é, minha vontade. Caso prefira, temos também nosso link para CONTATO lá em cima.
;-)

Seguidores