13 de outubro de 2008

Utilidade Pública

Achei que seria útil isso para alguém hoje, pesquisado aqui, aqui e aqui...


Blackout Alcóolico

Algo semelhante à síndrome amnésica pode ser observado em casos de blackout alcóolico, no qual a pessoa manifesta amnésia sem perda da consciência. O indivíduo intoxicado pode manter uma conversação ou executar outros atos normalmente, mas, após ficar sóbrio, não terá memória do episódio. Blackouts são observados em alcoolistas crônicos, embora possam ocorrer em não-alcoolistas que tenham se intoxicado intensamente. De qualquer modo, essa situação tem maior probabilidade de ocorrer quando a pessoa ingere grandes quantidades de álcool rapidamente, especialmente se estiver muito cansada ou com fome.


Embora exista a idéia de que a memória retorna quando a pessoa para de beber, pesquisas de laboratório indicam claramente que as lembranças perdidas em um episódio de blackout são irrecuperáveis e que, portanto, a amnésia representa um déficit em codificação.


"Apagão" é desculpa de quem fez o que não devia?

A amnésia alcoólica (ou blackout) não só existe como é muito comum. O álcool mexe diretamente com o sistema nervoso central e apaga definitivamente muitas informações. Quem diz que não faz idéia de como chegou em casa depois do bar normalmente está dizendo a verdade. É um efeito fisiológico que não tem a ver com mecanismos psicológicos de negação.


Tudo o que o bêbado faz estava no seu inconsciente?

Não necessariamente. Vontades reprimidas podem vir à tona quando se está alcoolizado, mas como a pessoa está fora de si, também faz coisas que nunca cogitou e desaprova, e se expõe de forma não habitual.



Nível de Álcool no Sangue - Efeito no Organismo
0,04% - aproximadamente 1 ou 2 doses -Hálito alcoólico, desinibição, mudança sutil no estado de espírito.
0,06% - aproximadamente 3 a 4 doses -Raciocínio prejudicado com perda de controle sobre o comportamento, menor capacidade de processar informações.
0,10 a 0,15% - aproximadamente de 5 a 6 doses -Comprometimento das atividades motoras, visivelmente bêbado, andar cambaleante.
0,20 a 0,25% - aproximadamente de 7a 8 doses - Alto risco de blackouts (amnésia) e acidentes



Post dedicado à amizade.
ressaca moral e cívica.

8 comentários:

  1. Mega Plus Advanced útil esse post, menina!!!!! Muita coisa na minha vida se explica e, finalmente, quiçá as pessoas comecem a acreditar em mim... vou copiar e mandar por email pra alguns amigos, posso????

    [com a devida autoria, claaaaaro!]

    Ressaca moral e cívica... já passei por isso. Muito mais do que eu gostaria, hahahahahahaha!

    ResponderExcluir
  2. Putz!
    Pior que é verdade, já passei por isso....Ainda bem que não fiz m*rda...Ou será que fiz? (Não lembro. . .)

    Berna.

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca fico bêbado. Tb, não bebo tanto assim...

    ResponderExcluir
  4. alguns dias eu chego a acreditar q eu tenho um irmao gemeo do mal.

    ResponderExcluir
  5. Pois é... E quem bebe pra esquecer, está classificado onde???

    [hum, eu já fui pra igreja depois de beber. Até onde eu me lembre, ninguém percebeu. Ufa!]

    ResponderExcluir
  6. Pois é... E quem bebe pra esquecer, está classificado onde???

    [hum, eu já fui pra igreja depois de beber. Até onde eu me lembre, ninguém percebeu. Ufa!]

    ResponderExcluir
  7. Taquiusparou...
    Sempre fui um bêbado consciente! =D

    ResponderExcluir
  8. Pior é quando depois de uma noitada alguém te liga e tú não tens idéia de quem é ou de como conseguiu teu número. Isso já aconteceu comigo mais de uma vez, e tive que ligar para amigos pra saber o que aconteceu na noite anterior. O pior é que nunca é uma mina massa que te liga, imagina que tipo de mulher fica com uma cara que de tão bêbado não vai lembrar nada no outro dia?

    ResponderExcluir

Senta aí, aceita um café e comenta o que achou. A política dos comentários é simples: Todos aceitos salvo caso fortuito ou força maior, isto é, minha vontade. Caso prefira, temos também nosso link para CONTATO lá em cima.
;-)

Seguidores