4 de abril de 2009

A Chave - Sobre a Crise


Bem amigos do Bebendo. Estamos em mais um sábado especial de coluna A Chave. Desta vez, quem nos manda o texto é o leitor Leonardo Magnani. Inspirado pelo post: "Afinal, o que é a Crise", ele resolveu nos enviar um texto explicando melhor tudo isso, uma visão de economista. Obrigada Leo!
Sobre a Crise Financeira Mundial

Intrigado com a possibilidade de postar algo interessante aqui no Bebendo Fumaça, aceitei a oportunidade que me foi dada pela nova colega Cafeína, e tentarei explicar um pouco sobre a crise econômica mundial, aos olhos de um economista.

Primeiramente, devo explicar alguns pontos importantes sobre a crise. Quando se ouve a palavra “recessão” ou “crise”, logo se pensa na agitação das bolsas de valores, nosso poder aquisitivo caindo e os preços subindo, certo? Bom, teoricamente sim. Mas precisamos saber que recessão e crise não refletem apenas a queda da economia de um determinado país, mas sim, sua estagnação. Ou seja, quando uma economia para de crescer, ela entra em recessão.

Segundo, devemos separar o que é causa do que é resultado da crise. Por exemplo, sempre nos foi passado que a crise mundial se deu inicialmente pela queda das ações do ramo imobiliário Norte Americano e pela seguida queda de sua Bolsa de Valores. Porém isso são reflexos de uma crise que já vinha se concretizando.

O que acontece na verdade, para que a crise econômica comece a se desenfrear, é algo semelhante ao que aconteceu no “crash” da bolsa de 1929. Indiscutivelmente, a economia americana é a mais poderosa do mundo, tem as empresas mais valorizadas internacionalmente, e influenciam dezenas de nações de acordo com suas políticas econômicas. Isso tudo faz com que a bolsa de valores americana funcione sempre num ritmo crescente, movimentando milhões e milhões de dólares por dia, porém, as empresas que tem suas ações valorizadas na bolsa, não andam tão bem das pernas assim como se acredita. É aí que a vaca vai pro brejo.

Imaginemos a seguinte situação: Srta. Cafeína abre a empresa Indústria e Comércio de Canecas Bebendo Fumaça LTDA, que chamaremos de “ICC Bebendo”. No inicio das atividades, Srta. Cafeína vende para alguns amigos próximos e familiares. Como a idéia agrada, ela decide abrir uma pequena lojinha. Nessa lojinha ela consegue vender as suas canecas, que são de ótima qualidade, a um preço muito acessível. Um tempo depois, uma cafeteria famosa decide apenas servir seus produtos utilizando as canecas da ICC Bebendo, mas quer paga-la com nota para 30 dias. Com o sucesso do acordo da cafeteria, ela consegue mais e mais acordos semelhantes, todos eles prometendo pagar com nota pra 30 dias. O gerente bancário da Cafeína acredita que, esses acordos, são parte do ATIVO da empresa, e começa a liberar crédito na confiança do recebível das cafeterias. O banco tem que registrar esses créditos com um lastro, que no caso são os acordos da ICC Bebendo. Esse lastro é o que alavanca as bolsas de valores com o comércio das ações desses lastros (ou ações das empresas). Porém, 30 dias depois a Srta. Cafeína não recebe nada das cafeterias, e precisa abrir falência, levando toda a cadeia pro buraco.

No caso da crise que teve início nos EUA, podemos resumir tudo a uma palavra: GANÂNCIA.

Coisa comum de se ver por la, é a HIPOPTECA. O Gerente bancário, ganancioso que é, propõe crédito a uma pessoa, tendo como garantia a casa do cliente. O cliente, ganancioso que é, aceita o crédito na hora, mesmo que não precise do dinheiro. Com muito dinheiro circulando em ações de imóveis, a tendência é que o preço das casas caia, assim, o valor atual da casa do nosso cliente não corresponde mais ao valor do crédito que lhe foi dado. De novo, toda a cadeia foi pro buraco.

Então, pensar que a crise imobiliária foi a percussora da crise mundial, além de incorreta, esconde que, novamente, a ganância norte americana ferrou com a economia do mundo todo!

-------------

Seja um colunista no Bebendo Fumaça, todos os sábados, selecionamos um texto sobre relacionamentos, dúvidas, cronicas e dicas. Freestyle!
Nos mande por e-mail: bebendo.fumando@gmail.com
----------

Aproveitando o post de sábado, deixo aqui meus parabéns para Niquinha, aniversariante do dia!!! Que tenha um ano de paz e grana amiga! Beijo grande.

5 comentários:

  1. Aproveitando o embalo da Cafeína, quero desejar tudo de mto bom pra vc NIQUINHA....
    Comemore e tome várias por mim..
    Bjosssss mil... Saudade!!!!!!!
    Borboleta - Direto da Terra do Nunca

    ResponderExcluir
  2. Primeiramente, FELIZ ANIVERSÁRIO NIQUINHA! Tudo de bom pra você, muita paz, sucesso, amor e blablabla, tudo aquilo que desejam pra gente no nosso aniversário.

    E segundo, muito obrigado Cafê, pela oportunidade que me foi dada, e espero ter agradado.

    Beijos as duas !

    ResponderExcluir
  3. Depois de ficar um tempão sem dar as caras, esse blog continua bombando. Lembrei graças ao Twitter!

    E, sobre o post, como estudante de Administração, achei de alta qualidade e utilidade. Muito bem escrito, por sinal.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns a Niqui.

    E admito que esse texto ficou muito grande, só dei uma olhada por cima.

    Eu preferi ver esse video aqui:
    http://oblog.com.br/mynameis/?p=1889

    ResponderExcluir
  5. Esclarecedor o segundo ponto, sobre causa e resultado. Gostei.

    ResponderExcluir

Senta aí, aceita um café e comenta o que achou. A política dos comentários é simples: Todos aceitos salvo caso fortuito ou força maior, isto é, minha vontade. Caso prefira, temos também nosso link para CONTATO lá em cima.
;-)

Seguidores