7 de abril de 2009

A palavra é meu domínio sobre o mundo (Clarice)


Ontem mesmo fiz o texto inspirado pelo livro de Martha Medeiros. Hoje, li este post "Vale mais que um trocado" da revista Escola e lembrei de domingo. Sim, todo domingo costumo ir para minha cidade natal almoçar com meus pais. Um dia familiar que já virou tradição. Faço todo o trajeto do centro de São Paulo, treze de maio, Paulista, Domingo de Moraes e seguidos 40 minutos...

No último domingo, parada no semáforo da Domingos de Moraes, alguns vendedores de bala e crianças pedindo esmola. Sentado na guia, um mendigo coberto por malhas velhas, com aparência descuidada, lia uma revista. Fixei meu olhar nele. Era a revista Seleções. Sim e ele lia mesmo, com atenção. Olhei tanto que ele reparou e olhou de volta. Comentei que gostava daquela revista. Ele se levantou e disse se eu teria dinheiro para lhe dar, afinal ele lia a mesma revista há 2 meses, desde que a ganhou de um jornaleiro. Tinha medo de esquecer como se ler, então praticava. Fiquei emocionada e disse que daria outra revista à ele, peguei a revista Época que tinha no carro e nem li e entreguei. Ele beijou minha mão, e eu não encostei a mão em mais nada até chegar no banheiro e lava-la...

Acredito sim que a leitura possa agradar alguns moradores de rua. Inclusive as crianças. A rua é um celeiro de boas e más oportunidades. Conheci de perto, ano passado, muitas vidas que sobrevivem na e da rua. Vidas inteligentes, que sabem o que acontece no governo e nos noticiários. Marginalizados pelo preconceito que os mantem a bons metros de distância de nós, cidadãos de bem. Muitos vão para o crime. Traficam ou roubam. Resolvem entrar em algum vício para esquecer que são diferentes. Perderam a familia para o próprio crime ou pelo abandono. Desejam morrer e não temem risco algum. Prostituem-se a troco de esmolas. E surtam. Sim, muitos não eram surtados, surtam por causa da rua. Solidão e desprezo faz qualquer um de nós surtar. Não condeno qualquer atitude deste tipo de alguém que não tem ambições alguma, de alguém que todos nós preferíamos que não existisse, para não atrapalhar nossa paisagem aos turistas.

Há dois meses meus pais se mudaram e jogaram muita coisa fora. Mudanças são boas por isso, nos renova. Eu mesma, tinha uma estante imensa de livros e enciclopédias empoeiradas. Não sabia o que fazer com tudo aquilo. Doamos para uma escola pública. Escola essa que negou por falta de espaço. Agora talvez eu faça isso. Não entro neste papo ilusório de mudar o mundo, mas deixarei livros no carro, revistas... quem sabe alguém aceita, enquanto não saem dos viadutos, nos envergonhando para o turistas...

13 comentários:

  1. Eu te admiro, mas não faço o mesmo.

    Simplesmente estou cansado de toda essa humanidade. Quero mais é que tudo se exploda com um meteoro sem o Bruce Willis.

    ResponderExcluir
  2. Agnóstico que sou, não me agrada a idéia de "atos para salvação de alguém". O que não deve ser confundido com solidariedade.

    Pode parecer cruel, mas cada pessoa passa por aquilo que deve passar para garantir nossa evoluçao e sobrevivência. Se essa ou aquela pessoa morre hoje de fome ou doença, isso nos garante a condiçao de perpetuaçao com aqueles que não passam fome e são saudáveis! Darwinismo minha gente ... Darwinismo!

    A humanidade busca na verdade a solidariedade como forma de sanar os problemas que incomodam nossa consciência, como se esmola fosse solução para alguma coisa.

    Embora eu acredite que atitudes como essa atrasam nossa evolução, - uma vez que não acredito em zumbis judeus que reencarnam na pascoa depois de morrer para nos salvar - eu acho que as pessoas que recebem essa ajuda serão eternamente gratas, nem que seja um livro ou algo parecido.

    A quem ajuda, parabéns e cuidado. A quem pensa como eu, tomara que estejamos certos, ou então, até qualquer dia no inferno!

    Para a Cafê? Bom ... Ajudar é legal, ver alguém feliz com a nossa atitude melhor ainda, mas não faria o que você fez !

    PS: A parte do "nojo" da mão foi a melhor, imagino você com a mão pra fora do carro e dirigindo só com a outra! ^^

    ResponderExcluir
  3. Dentro da realidade das escolas públicas, onde chovem analfabetos funcionais, que chegam à sexta série, sem saber ler e escrever. Chego a uma dúvida: Será que hoje, temos muito mais alfabetizados embaixo de pontes, do que nas salas de aula ???
    É pra se pensar !!!

    ResponderExcluir
  4. Concordando com a amiga acima, digo que na sala do meu irmão existe um garoto que não sabe ler... agora como ele chegou até essa sala de aula com mais garotos e garotas de 13 anos eu não sei, mas sei que o mundo em que vivemos é ILUSÃO em todos os sentidos...

    Borboleta - Direto da Terra do Nunca

    ResponderExcluir
  5. Gente...eu ia dizer algo...mas lí os posts acima. Será que devo dizer algo? Não. Não direit. O que farei então? Me trancarei na gaiola. E pularei lá de cima. Pra que? Não sei. Pensarei nisso nas próximas 4 semanas.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. "...cada pessoa passa por aquilo que deve passar para garantir nossa evoluçao e sobrevivência."

    Ah é, é? Vc consegue ver sentido na falta d sentido? Wow... Parabééééééns.

    Desculpe, mas ateu ignorante q sou, não consigo.

    Mas não por isso deixo d admirar ou me surpreender c/a capacidade humana d explicar, enxergando Templos nas Nuvens...

    Aliás, por falar em Zumbis, tem gente apenas trocando um pelo outro ...Afinal, Darwinismo Social, metodologia ideológica criada à revelia dos escritos do próprio Darwin - aliás prática nem um pouco original na história humana; tem como base a manipulação primária e falaciosa d conceitos (tb nenhuma novidade histórica) da área biológica p/a área social, tendo inspirado movimentos tão antagônicos como o Nazismo ou o Socialismo por inspiração ou oposição, servindo tanto a políticas eugênicas domésticas qto às imperialistas. Sendo assim, apenas mais um Zumbi q continua aterrorizando a humanidade sem previsão d partida.

    ResponderExcluir
  8. Meu caro Marko Acosta,

    Contraditoriamente, sua inteligência pouco lógica, contrasta com seu modo culto de escrever, o que, aparentemente saiu de alguma página da Wikipédia ou algo do gênero.

    Por ser auto denominar ateu, deveria saber que, agnóstico também é aquele indivíduo que não acredita em Deus, porém, diferentemente dos ateus, não apresenta nenhuma base concreta contra a história bíblica.

    Segundo, comparar evangelização com darwinismo é no mínimo uma imbecilidade de alguém sem cultura.

    Nazismo sim, foi algo trágico, cruel e sem precedentes, mas devemos ter a consciência de que, graças à essas crueldades, atualmente é possível um transplante de orgãos ou tratamento de vítimas de queimaduras. Não digo que os fins justificam os meios, mas algo de útil podesse aproveitar.

    Agora onde a imbecilidade máxima se fez presente, foi na crítica a minha afirmação onde eu disse que: "...cada pessoa passa por aquilo que deve passar para garantir nossa evoluçao e sobrevivência..."

    Entenda que, naturalmente, a humanidade não se preocupa com os animais mais fracos, em função do sucesso dos mais fortes. O que deveria ser em sua totalidade aplicado a sociedade humana. É isso que a natureza faz, se livra dos mais fracos e propaga a sobrevivência do mais fortes. Não podendo, assim sendo, que nós intervamos.

    Porém sua falsa idéia de ateísmo, se esbarra na crítica quanto ao Darwinismo e a seleçao natural, e na vontade de ver um mundo justo de acordo com os ensinamentos do seu "pseudo-judeu-zumbi".

    Pena que ao invés de formular um comentário, você deu um jeito de pesquisar no Google para formular sua crítica. Desvia o assunto do post, e acaba por atacar os outros visitantes.

    Desculpa Cafê, mas você me conhece e sabe meus motivos da resposta.

    ResponderExcluir
  9. D novo Leo:

    Sei q a Realidade é dura e dói Ui... mas

    Darwinismo Social=Charlatanismo

    Pq?
    Pq meu caro, ao pegar a análise científica do Desenvolvimento (durante o séc.XX o termo evolução, ao menos qdo se trata da substituição da dominância d um organismo complexo por outro, deixou d ser o mais apropriado, embora continue no "popular") Biológico específico d TODOS os individuos d uma Espécie ou série d, ao longo d milhões d anos levando-se em conta inúmeros fatores ambientais e, comparar com Desenvolvimento Social Individual ou Grupal d individuos d uma mesma espécie num período d tempo biologicamente insignificante, levando-se em conta apenas conceitos sociais convenientemente relativos; é no mínimo:

    Ou ignorância (podendo aí tanto não ter lido Darwin; ouvindo o galo cantar mas não sabendo aonde, preferindo bancar o papagaio, como tb pode ser apenas...Analfabetismo funcional, leu e não entendeu)

    Ou Cinismo (aposta na ignorância daqueles q não leram), buscando c/esta prática canhestra encaixar o q lhe for mais conveniente, dando ao olhos da massa ignara, um verniz científico à afirmações falaciosas.

    Assim, qto à definição d Agnóstico, creio q uma olhadinha no dicionário ia lhe fazer bem; no mínimo evitaria o vexame d, com seu discurso contradizer a definição d Agnosticismo ao adotar práticas charlatanistas facilmente desmascaráveis...

    Buenas

    ResponderExcluir
  10. Não li os big comentários acima, apesar de achar que deve ser uma discussão interessante, cheia de palavras difíceis e conhecimentos sociais e científicos.

    Well... é que lendo isso daí eu lembrei do projeto Ocas, vc que anda bastante pela cidade já deve ter visto ou ouvido falar. Ou não. Mas se vc quiser eu te conto depois o que é.

    E lembrei também que pra ignorar a realidade dessas pessoas, nós criamos termos politicamente corretos, como "pessoas em situação de rua".

    Politicamente correto meu cu.

    ResponderExcluir
  11. Acho que deveriamos de seguir seu exemplo café, sim você é meu orgulho rsrsrs!
    se tivessemos um pouco mais de humanidade talvez seriamos um pouco mais compreendidos!

    ResponderExcluir
  12. Não perdeu muita coisa dando a Época pro mendigo, mesmo não tendo lido.

    ResponderExcluir
  13. Se vc não tivesse escrito a parte do nojo teria achado lindo seu post, mas ao mesmo tempo que vc se diz emocionada ao ver ele querendo ler, foge a realidade de sua humanidade rs.Acho eu que sua mão não iria Cair por um beijo, de uma simples mendigo, por mais que estivesse suja rs!
    DEUS te testou esse dia e vc nem percebeu, mostrou ter uma atitude falsa rs!!

    ResponderExcluir

Senta aí, aceita um café e comenta o que achou. A política dos comentários é simples: Todos aceitos salvo caso fortuito ou força maior, isto é, minha vontade. Caso prefira, temos também nosso link para CONTATO lá em cima.
;-)

Seguidores