25 de junho de 2009

Who´s Dead? - Michael Jackson o Gênio do Pop


Michael Jackson foi vítima de uma parada cardiorrespiratória em sua casa, na vizinhança de Holmby Hills, Los Angeles, CA, Estados Unidos. Os serviços de emergência médica socorreram o cantor em sua casa, na tentativa de reanimá-lo. Porém, como Jackson se encontrava em estado de coma profundo, ele foi levado às pressas para o hospital universitário da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA). Desde sua internação, rumores haviam se espalhado pela imprensa confirmando seu falecimento. Às 2h e 06min UTC-8 de 25 de junho de 2009, o site Los Angeles Times tornou-se um dos primeiros a divulgar a morte do astro. Seu falecimento teve uma repercussão internacional instantânea, sendo motivo de preocupação por parte dos fãs em muitas partes do mundo. Defronte ao hospital da UCLA, muitos fãs do cantor cercaram o prédio à procura de informações sobre a suposta 'morte' de Jackson. Porém, pouco tempo depois da internação de Jackson, sua morte foi absolutamente confirmada. A morte de Jackson foi confirmada pelo porta-voz do Instituto Médico Legal de Los Angeles, Fred Corral. (Wikipedia)

Michael esteve na minha vida assim como roupas coloridas nos anos 80, clipes do Fantastico, balas Soft, amizades da escola, professoras bacanas, amores eternos, pistas de matinê, paixão por shows bem produzidos... enfim, ele fez parte da minha vida. Sempre fui viciada em música e passei do dance, MPB, hard rock, grunge, rock brasileiro, classic rock, erudito, samba e sertanejo. Cada fase da minha vida por de descobertas de novos (ou antigos) sons, músicas e letras. Só um estilo esteve pararelo a todos estes. O estilo Michael Jackson. Que não é Pop, nem nunca será. Seria amadorismo musical classificar seu talento como pop. Ele não tem estilo que alguém já inventou. Ele inventou um estilo, único e impossível se fazer igual.

Lembro quando ele fez o show em São Paulo. Eu ainda criança assistia pela Rede Globo o show ao vivo. E nem sabia porque estava chorando. Lembro de ter ouvido na TV (ou de alguém, sabe como é criança...) que ele estava doente. E naquela noite eu passei chorando no meu quarto, rezando e pedindo pra deus (sim, eu tinha fé) ajuda-lo, para que um dia eu pudesse ver aquele show da Tv ao vivo. Desde então, eu via Michael como doente e nunca mais consegui vê-lo sem o sentimento de um talento inenarrável disperdiçado com muita pena.

Não estou aqui para julgar ninguém. Michael teve suas duas últimas décadas marcadas por escandalos e bizarrices. Provavelmente ele tinha sérios problemas psicológicos desencadeados pelo sucesso mundial na infância e polêmicas da sua familia. Ou talvez e também por toda a fama e dinheiro que este sucesso trouxe. Freak, doente, criminoso, vítima de interesseiros, dangerous? Acho que nunca saberemos ao certo. Por isso prefiro não me precipitar. Michael pra mim é um gênio ao lado de Elvis, Janis, Lennon, Elis, Hendrix... ídolos imortais fora do comum, que não nasceram com influências mas nasceram pra ser a influência. Entre os mistérios da vida muito mais dura do que abençoada que ele teve, e a certeza de um talento que jamais tiveram e jamais terão, fico com a parte acusada. Who´s bad?

UpDate 29/06/2009: RapaduraCast Especial MJ - Os meninos dizem tudo que eu queria expressar com palavras neste texto. Para quem gosta de música e cinema, imperdível.

Quando cansado Me diga se você vai me segurar Quando errado você vai me dirigir Quando perdido você vai em achar? Mas eles me dizem Um homem deve ter fé E seguir mesmo quando não dá Mas eu sou só um humano! Todo mundo quer me controlar Parece que o mundo Tem um papel para mim Estou tão confuso! Você estará lá para mim E se importa o suficiente para me suportar?

(Will you be there - Michael Jackson)

9 comentários:

  1. É, taí um dia que eu nunca pensei que chegaria. Significa que a vida está passando, mais rápido do que eu imaginava...

    ResponderExcluir
  2. Nunca gostei do Michael, e pra mim, ele já havia morrido há um bom tempo, só não tinha sido enterrado ainda.

    ResponderExcluir
  3. Podiam falar o que fosse, mas eu sempre gostei dele. Quando ele gravou em Salvador eu era muito guria ainda e não entendia muito bem, mas gostei de ve-lo com a blusa do Olodum. rsrs... Hoje eu tenho aqueles flash back's e adooro. Sinceramente, fiquei triste com a morte dele!!
    Beijos, lindona!! :D

    ResponderExcluir
  4. É como dizem, é facil falar de mim, difícil é ser eu...ele não vai deixar de ser um ícone e a gente não sabe tudo o que aconteceu na vida dele. Nessas horas é melhor separar o artista da pessoa...
    Bjão

    ResponderExcluir
  5. Eu acho que ele morreu muito cedo. Teve uma vida muito triste. E eu sempre gostei das maluquices dele, porque gostava dele. =/

    ResponderExcluir
  6. Por incrível que pareça essa é uma morte da qual me fez sentir a perda.Deve ser porque música é algo mais presente em minha vida. Seja como for concordo com o post na íntegra.

    =T

    ResponderExcluir
  7. Como já dizia o filósofo (literalmente condenado) Wilhelm Reich:
    "Normal? Humph, Q os deuses me livrem d ser 'normal'!"

    ResponderExcluir
  8. Concordo como texto e discordo do andarilho...
    parabens pelo texto
    Michael Forever....Vc jamais será esquecido, te amo!Nosso eterno Peter Pan.

    ResponderExcluir

Senta aí, aceita um café e comenta o que achou. A política dos comentários é simples: Todos aceitos salvo caso fortuito ou força maior, isto é, minha vontade. Caso prefira, temos também nosso link para CONTATO lá em cima.
;-)

Seguidores