3 de novembro de 2009

Obrigada amor.

Toda manhã era a mesma coisa. A mesma doce coisa. O sol invadia minha janela sem cortinas, acordava ainda sonhando, olhava para o rádio relógio e inevitamente ele me revelava: Amanheceu. Ouvia você alí do lado, chamando minha companhia, pedindo minha atenção. Eu corria ao seu encontro, abria as janelas, deixava o sol entrar para te iluminar e dizia em voz alta e com um sorriso sonolento "Bom dia meu amor". Você respondia com sorrisos e saltos como se seus olhos me dissessem "Bom dia meu amor, cuide de mim". Eu o levava com carinho até a sala, preparava sua comida e avisava "Amor, o dia está lindo lá fora, você não perde por esperar".

Você se alegrava enquanto recebia meu amor, meu alimento, meu beijo e meu abraço. Indescritível seu sorriso ao chegar na varanda enquanto o mundo nos dava bom dia, o sol se preparava para te aquecer e o mundo agradecia nossa presença. Entre saltos e sorrisos, passávamos o dia conversando sobre a vida, a solitude, a natureza, a programação engraçada da Tv, esperando o dia acabar e mais uma noite nos deixar descansar juntos, a luz da lua tão esperada em dias de lua cheia. O dia foi difícil, mas nós, juntos, conseguimos vence-lo.

Passei alguns dias difíceis e nestes dias você insistia em cantar para mim. Você passou alguns dias de inverno bem difíceis e ao ver sua angustia passei a noite velando seu sono, sem dormir, olhando pra você como se esperasse que você me dissesse o que te doía tanto. Você estava triste e eu estava alí, não dormindo ao seu lado. E você acordava melhor, cantando e feliz como que agradecendo minha dedicação. Eu estava triste e você insistia em ficar aqui, não dormindo ao meu lado. E eu acordava melhor, como que agradecendo sua companhia.

Eu te amei de verdade e no fundo, sei que ninguém no mundo teve mais seu amor do que eu. Obrigada pela eterna companhia. Você me deixou definitivamente sozinha agora. Justo hoje meu amor, justo hoje que o sol veio mais quente do que nunca para você. Nunca mais ouvirei seu bom dia mas acredite, todos os dias da minha vida eu te responderei "Bom dia meu amor".







Esta semana ficamos sem o Sting, meu canário, e ainda não sei como recuperar a perda deste grande amor da minha vida.

17 comentários:

  1. Até a parte do canto, eu achava que era sobre um cachorro.

    ResponderExcluir
  2. Realmente, faz falta quando esses companheiros da gente morrem. Até hoje eu tenho a impressão de que meu cachorro vai pular em mim quando abro o portão da casa e olhe que já fazem uns bons meses que ele se foi.

    ResponderExcluir
  3. Bom, nem tem o que comentar, só o que sentir. Bichinhos fazem mais falta do que algumas pessoas. Mas ele tá bem, tá com o Rauni agora. Bjo.

    ResponderExcluir
  4. Ah, a rnt tá certa, o certo seria não dizer nda já q nunca sabemos o q dizer (aliás nem adianta, pelo menos p/os mortos) nessas horas a não ser coisas idiotas (embora verdadeiras rs) do tipo "veja o lado 'bom', já pensou se fosse vc q tivesse ido antes, quem iria cuidar dele?"
    Ou
    Enfim, quem sente (saudades, remorsos, o q for) é quem fica...

    ResponderExcluir
  5. Ô amiga.... que pena... "conheci" o Sting por causa daquele post da Mensagem na Garrafa, lembra? - message in a bottle....
    Nem sei o que dizer....
    beijo
    Pat

    ResponderExcluir
  6. Ô amiga.... que pena... "conheci" o Sting por causa daquele post da Mensagem na Garrafa, lembra? - message in a bottle....
    Nem sei o que dizer....
    beijo
    Pat

    ResponderExcluir
  7. Eiiiii sei o quanto o Sting significava pra vc.... nesse mundo tão imenso... em uma cidade tão grande.... ele era sua companhia... e realmente parece q ele sorria sempre q te via... pude presenciar...
    Não fica assim amor...
    Amo-lha
    BJoooooo
    Borboleta - Diretamente da Terra do Nunca

    ResponderExcluir
  8. Até pensei que fosse um post de luto por alguma pessoa... mas, pensando bem, um canarinho, hoje em dia, é uma companhia melhor do que pessoas!

    Fiquei triste também! Lembrei-me de dois cachorros e um periquito que eu tinha e curtia demais. Partiram todos no ano passado, para junto do Sting. Espero que se deem bem lá...

    Abraços o/

    ResponderExcluir
  9. Hey menina!É muito complicado perder coisas fofas.Mas,te desejo força para conseguir superar.
    Beijos, Xeros e Abraços de "Ginoca"
    =)

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Caramba... eu me emocionei :|

    Meus pêsames Cafeína.

    ResponderExcluir
  12. Lindo! me emocionei!! Vc é o máximo! Me orgulho de vc! Bjs Mamys

    ResponderExcluir
  13. Ai, que fofo.
    Que Deus o tenha, Sting. amém.

    ResponderExcluir
  14. Tadinho...talvez de nós mesmos né?! Ficamos sempre muito gratos pelo o que eles são capazes de fazer pela gente. Mas, amar, amiga, é dom que nos cabe ter e dar. Saudades!

    ResponderExcluir

Senta aí, aceita um café e comenta o que achou. A política dos comentários é simples: Todos aceitos salvo caso fortuito ou força maior, isto é, minha vontade. Caso prefira, temos também nosso link para CONTATO lá em cima.
;-)

Seguidores